Sobre os noivos

Se falaram sem se ver, se viram sem se falar e como coisa certa se conheceram, faltava ela na vida dele e ele na vida dela. Hoje não falta mais, aliás, segundo eles falta uma vida inteira pela frente!

CONTADA PELA NOIVA:

Nos conhecemos no casamente de grandes amigos nossos. Eu era a madrinha da noiva (Paulis) e ele o padrinho do noivo (Fabinho); antes mesmo do casamento acontecer  ele já começou a falar comigo pela internet, não nego que fiquei muito entusiasmada com o interesse dele, porém preferi não demonstrar e me mantive na minha apenas respondendo algumas perguntas que ele me fazia. No dia do casamento passamos horas conversando; eu adorei tudo nele: a voz, o sorriso, os olhos e o papo. Eu não peguei o buque da noiva, mas conheci o homem da minha vida! Em menos de um mês estávamos namorando. Como ele morava em Goiânia, nos víamos apenas uma vez por mês. A saudade era grande! Então se passaram seis meses com muitas horas no telefone, encontros maravilhosos, despedidas apertadas, whatsapps intermináveis, surpresas inesquecíveis e muito amor. Até que um dia como presente de dia dos namorados ele veio morar em Fortaleza! Eu não poderia ter recebido presente melhor, meu amor morando pertinho de mim. Em uma de nossas viagens visitamos uma cidade da Itália chamada Bergamo, da qual gostamos muito e ficamos encantados com a cultura e a beleza da cidade. Ele me disse que casaríamos lá e eu não levei muito a sério. Então no dia 12 de junho de 2016 veio o pedido de casamento no meio de uma peça de teatro em São Paulo, ele simplesmente subiu no palco e se ajoelhou, eu logicamente disse sim e a plateia inteira apladiu. Estava certa que era ele com quem eu queria passar o resto da minha vida.

Imagem Sobre
Imagem Sobre
Imagem Sobre